[Post estendido] Mesoterapia Capilar: entenda o que é e qual a sua eficácia no combate à calvície

Num dos artigos que publicamos anteriormente, discorremos a respeito da carboxiterapia, uma técnica que vem sendo adotada por algumas pessoas na tentativa de combater a perda excessiva de cabelo. Outra novidade que está ganhando adeptos no tratamento da calvície é a chamada mesoterapia capilar.

A mesoterapia capilar é uma técnica similar ao método do gás carbônico, ou seja, utiliza a injeção de determinadas substâncias diretamente na pele ou na região subcutânea. Mas será que, quando o assunto é a alopecia (nome científico da calvície), a mesoterapia realmente funciona?

Para esclarecer possíveis dúvidas sobre essa questão, falaremos do tratamento, dos seus efeitos e vantagens. Acompanhe o post e saiba mais!

Como o tratamento é feito?

A mesoterapia, também conhecida como intradermoterapia, foi descrita pela primeira vez por um médico francês chamado Michel Pistor. Desde essa época, portanto, essa terapia tem sido adotada para minimizar os sintomas de diversos tipos de patologia, do zumbido no ouvido até as dores articulares.

Em pouco tempo, o procedimento também passou a atrair a atenção das pessoas em termos estéticos, para contornar problemas relacionados à celulite, à gordura localizada e à calvície.

Primeiramente, é importante ressaltar que essa técnica deve ser aplicada apenas por profissionais devidamente habilitados, com formação específica na área – como dermatologistas especializados – e em salas preparadas para efetuar esse tipo de procedimento ou em clínicas médicas.

Antes de começar o tratamento, o médico realiza uma consulta dermatológica detalhada, com análise do histórico clínico do paciente e exame físico de toda a extensão da pele para saber se há alguma contraindicação ao procedimento.

São feitas, ainda, a avaliação do couro cabeludo e, caso necessário, a solicitação de exames para assegurar o diagnóstico correto e saber qual é a intensidade da queda dos fios. Assim, é possível determinar se a mesoterapia capilar é a terapia mais indicada, bem como o número de sessões que deverão ser aplicadas.

O tratamento começa, então, com uma higienização da área afetada. Depois, o local recebe a injeção de um composto contendo finasterida, minoxidil, algumas outras substâncias para promover crescimento e complexos vitamínicos.

A aplicação é realizada com a ajuda de seringas e microagulhas, as quais provocam dor leve devido à sensibilidade do couro cabeludo. Cada elemento injetado é responsável por uma função específica no processo de retomada da regeneração capilar.

A expectativa é de que o medicamento usado garanta ao couro cabeludo a capacidade de absorver uma quantidade adequada de aminoácidos da qual todo cabelo saudável precisa para se manter. Além disso, pretende propiciar um aumento na produção de queratina.

A tendência é de que os fios parem de cair, voltando a crescer normalmente com um aspecto saudável e bonito. Essa técnica se compromete a ajudar não apenas na recuperação dos fios, mas também no retardamento dos efeitos da calvície.

Qual é a duração do tratamento?

A duração pode variar um pouco entre as pessoas, mas, em geral, para que a sua eficácia se comprove, o período de tratamento deve durar entre 8 e 12 semanas, com intervalos de 1 semana a 15 dias entre as sessões. Para o controle da perda de fios em razão de excesso de hormônios, a técnica parece ter se mostrado muito mais eficaz quando feita por um período mais longo.

Os efeitos normalmente começam a aparecer com 3 meses de aplicações, que precisam ser constantes. A partir desse ponto, o médico poderá avaliar a força e o nível de queda apresentado para concluir se há eficácia ou não.

Contudo, é fundamental esclarecer que esse procedimento é recomendado apenas para estimular o crescimento de folículos e fios atuais, não sendo eficaz para provocar o nascimento de novos fios de cabelos. Para alcançar o resultado desejado, é essencial seguir à risca as recomendações médicas e persistir no tratamento.

Quando a mesoterapia é indicada?

A evidência de queda de cabelo tende a ser um motivo de grande impacto emocional, principalmente para as mulheres. Independentemente da causa, milhões de pessoas sofrem com esse incômodo, que costuma afetar diretamente a autoestima. Felizmente, hoje existem diversas alternativas para tratar o problema e devolver a confiança às pessoas afetadas.

A perda média de cabelo, que varia entre 50 e 150 fios por dia, é considerada natural e muda de uma pessoa para outra, em estágios diferentes da vida e devido à influência de fatores externos e internos. No entanto, perdas acima da faixa apontada podem indicar queda de cabelo anormal ou calvície.

As causas da queda de cabelo podem ser variadas, tanto para mulheres quanto para homens. Para realizar um tratamento com base na mesoterapia capilar, a indicação recai em sintomas, como deficiências nutricionais, estresse e até alopecia, cuja causa é determinada por fatores genéticos.

A solução também é indicada para reparar fios danificados por diversos fatores externos (impacto mecânico e uso de elástico apertado), remoção de caspa e seborreia, fortalecimento de cabelos muito finos e revitalização, principalmente para as mulheres.

Essa técnica é usada como uma alternativa para pessoas que tentaram deter a queda capilar por meio de tratamentos via oral e não obtiveram resultados satisfatórios ou, simplesmente, não desejaram ingerir medicamentos.

Por contemplarem aplicações de nutrientes diretamente no couro cabeludo, os resultados garantem ser muito mais efetivos e rápidos, quando comparados ao tratamento via oral. Isso se explica em razão do trajeto do medicamento até o local pretendido, que é curto e direto, proporcionando o máximo de aproveitamento pelo organismo.

Ressalta-se, ainda, que a mesoterapia não é recomendada para gestantes, lactentes e pessoas portadoras de alergia ou sensibilidade a um ou mais dos componentes usados no procedimento.

Quais são os efeitos da mesoterapia capilar?

Conforme envelhecemos, o nosso organismo tende a perder vitaminas e minerais, que são substâncias fundamentais para o bom funcionamento dos órgãos como um todo. No couro cabeludo, esses elementos são responsáveis pela força dos fios e pelo crescimento saudável.

Com a perda progressiva desses componentes vitais, o recurso encontrado na mesoterapia assegura a devolução de todos esses compostos e, ainda, estimula a circulação sanguínea local e os folículos, permitindo resultados muito positivos. Os efeitos observados podem ser:

Fim da queda dos cabelos

A mesoterapia capilar pode atuar positivamente contra os primeiros sinais da calvície, mantendo um controle na perda e colaborando com fios mais resistentes; porém, não há garantia de que o cabelo não volte a cair.

Crescimento dos cabelos

A melhora da qualidade, do brilho e da textura dos fios promete se mostrar expressiva; no entanto, é fundamental aliar o tratamento a uma alimentação saudável e rica em nutrientes para as outras regiões do corpo. Saiba que qualquer deficiência nutricional que aconteça no organismo tende a prejudicar os cabelos em primeiro lugar.

Isso ocorre porque o organismo dará prioridade aos processos de primeira necessidade, ou seja, aqueles sem os quais a manutenção da vida se torna inviável, como o bom funcionamento dos órgãos vitais (coração, fígado, rins).

Em casos de necessidade, as vitaminas e minerais são remanejados do cabelo para outras regiões do corpo; por isso, é crucial manter uma alimentação balanceada. Por isso, igualmente, é que um dos grandes indicadores de boa saúde e de alimentação rica são cabelos naturalmente bonitos.

Efeitos colaterais

No geral, afirma-se que o tratamento é muito seguro e não costuma causar nenhuma complicação. É preciso apenas ficar atento(a) à possibilidade de alergia aos componentes do medicamento.

Além disso, o que pode ocorrer são pequenos hematomas decorrentes das injeções, algum inchaço e sensibilidade no local, que são reações esperadas e passageiras.

Quais são as vantagens desse tratamento?

Podemos observar algumas vantagens interessantes na escolha desse procedimento; mas quais são as principais?

Estímulo da circulação sanguínea

Com a injeção dos nutrientes, a perfuração do tecido do couro cabeludo também promove um estímulo local, melhorando a irrigação sanguínea no ponto da aplicação.

Injeção de nutrientes mais eficientes que xampus e cremes

A absorção dos compostos dos medicamentos por meio de seringas promete produzir um efeito melhor que os observados durante o uso de xampus e cremes de tratamento, uma vez que a ação destes é superficial e menos concentrada.

A ação local do fármaco atua exatamente onde ele é aplicado, potencializando o efeito. Quando a opção é pelo uso de suplementos ingeridos, a composição dos nutrientes pode sofrer a interferência da digestão, prejudicando a absorção completa.

Fortalecimento dos cabelos

A mesoterapia capilar também fortalece os cabelos e ajuda a remover a caspa, propiciando um crescimento mais acelerado e encorpado. Há expectativas de combate ao surgimento de fios brancos precoces, além de preparar o couro cabeludo para implantes capilares.

Economia de tempo

O ganho de tempo é uma das grandes vantagens apontadas pelos defensores da técnica, uma vez que as aplicações são feitas uma vez por semana ou a cada 15 dias.

Resultados mais rápidos

Os tratamentos à base de produtos cosméticos ou via oral demoram mais para produzir o efeito esperado. Quando ingeridos, precisam ser metabolizados pelo organismo antes de chegar até o local de ação. Com as injeções, os nutrientes são aproveitados integralmente e agem com maior rapidez, já que são aplicados diretamente na raiz.

Embora haja muita procura pelo método, o seu benefício ainda é controverso. Sua eficácia não pode ser comprovada por meio de estudos; portanto, a técnica não deve ser usada rotineiramente no tratamento da perda de cabelos.

Para mais esclarecimentos, conforme já salientamos anteriormente, é indispensável uma avaliação realizada por um profissional específico da área – o médico dermatologista/tricologista.

A consulta pode ser facilmente agendada na Tricosalus Clinics, clínica responsável por indicar qual o tratamento realmente necessário e mais adequado para cada tipo de pessoa, independentemente das “técnicas”, das “tendências” e/ou dos “modismos” que continuarão surgindo de tempos em tempos.

A mesoterapia capilar pode até ser o método mais eficaz para diversos casos, mas, antes de qualquer tomada de decisão, é fundamental investigar e ponderar, sendo que nunca é demais salientar o quanto é importante ter cautela e muito cuidado com a escolha do profissional que fará o procedimento.

Se você está sempre em busca de métodos eficazes de tratamento capilar e gosta de ficar por dentro das terapias mais atualizadas, assine a nossa newsletter e garanta o recebimento dos assuntos mais inovadores em primeira mão!

 

Responder

Seu email não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.