Pantogar x Pill Food: o que você precisa saber a respeito de cada um

Contendo queratina e cistina entre os seus principais componentes, o Pantogar é um medicamento comercializado em caixas de 30 a 90 comprimidos e que também pode ser preparado em farmácias de manipulação.

Pantogar Indicado para aqueles indivíduos nos quais se verifica a perda difusa (generalizada) dos cabelos, ele também auxilia no crescimento e no fortalecimento dos fios daqueles que estejam apresentando “alterações degenerativas na estrutura do cabelo (cabelo enfraquecido, muito fino, não maleável, quebradiço, opaco, sem vida e sem cor), cabelos danificados pela luz do sol e radiação UV”1.

Já o Pill Food, frequentemente comparado ao Pantogar, é um medicamento comercializado principalmente em farmácias de manipulação e que costuma ser prescrito pelos dermatologistas para atuar no fortalecimento dos cabelos, bem como no fortalecimento das unhas e na melhoria da elasticidade da pele.

 

luis tricotest consultaOlá, tudo bem? Desculpe interromper a sua leitura!
Eu sou o Luis, gerente aqui da Clínica Tricosalus, e estou passando para convidá-lo(a) a conhecer o Tricotest – nosso exame de análise capilar.
Clique aqui e assista ao vídeo.

 

Contendo vitaminas, proteínas, minerais e aminoácidos na sua formulação (o que faz com que ele seja conhecido como uma opção “mais completa” do que o Pantogar), o Pill Food apresenta resultados que podem ser observados em apenas algumas semanas de uso, como cabelos com mais brilho, unhas fortalecidas e face mais jovial.pill-food

Outra vantagem é que, mesmo reunindo vitaminas na sua composição, não existem registros de ganho de peso em decorrência da sua utilização.

Embora ambos atuem no fortalecimento dos cabelos, é importante ressaltar que tanto o Pantogar quanto o Pill Food não devem ser ministrados sem a devida orientação médica. Isto porque, na grande maioria das vezes, a deficiência de queratina, cistina e/ou de outros nutrientes importantes para a saúde dos fios não é a única causa para a queda acentuada de cabelo, nem a sua principal causa. Deste modo, a sua ingestão isolada pode não apresentar o resultado esperado.

 

Semelhanças e Diferenças entre o Pantogar e o Pill Food em 4 perguntas

 

Para compreender mais facilmente as semelhanças e a diferenças entre esses dois medicamentos, confira as respostas às principais perguntas formuladas pelos nossos leitores e pacientes:

 

  1. O Pantogar e o Pill Food são indicados para tratar qual tipo de calvície?

O Pantogar e o Pill Food são indicados para o tratamento da queda difusa de cabelo, bem como para estimular o crescimento e o fortalecimento dos fios.

 

  1. Como o Pantogar e o Pill Food devem ser utilizados?

Para o uso do Pantogar, a posologia recomendada é de 3 cápsulas ao dia; para o Pill Food, basta 1 cápsula 2 vezes ao dia, antes das principais refeições.

 

  1. Qual é o mecanismo de ação de cada um deles?

A ação do Pantogar é conhecida por nivelar a concentração de alguns componentes presentes no fio, como é o caso dos aminoácidos da queratina e a cistina. O Pill Food, assim como o Pantogar, age na reposição de nutrientes indispensáveis ao bom funcionamento do organismo e, consequentemente, à saúde capilar.

 

  1. Quais seriam os possíveis efeitos colaterais provocados pelo uso de Pantogar ou de Pill Food?

O Pantogar pode reduzir o efeito de alguns antibióticos que contêm sulfonamidas, sendo também contraindicado a pacientes sensíveis a glúten, já que contém levedura medicinal. Em relação ao Pill Food, não existem registros de efeitos colaterais. Todavia, como todo medicamento e suplemento alimentar, a ingestão do Pill Food deverá ser prescrita pelo especialista da área, desde que os fatores responsáveis pela excessiva perda capilar estejam realmente associados à deficiência de determinados nutrientes no organismo.

 

Portanto, ao primeiro sinal de queda de cabelo em quantidade acima do habitual, a medida mais segura e efetiva continua sendo a intervenção do profissional da área. Afinal, a calvície pode ser desencadeada por diversos fatores, e somente o dermatologista poderá diagnosticar corretamente quais as suas causas e prescrever o tratamento mais efetivo às especificidades de cada paciente.

1 Disponível em http://www.bulas.med.br/bula/12921/pantogar.htm.

 

bannernewsletter2

Responder

Seu email não será divulgado.