Estações do Ano x Queda de Cabelo: será que existe influência?

Mudanças de estação e temperatura sempre exigem cuidados redobrados com o nosso corpo e bem-estar, especialmente quando os dias ensolarados dão lugar ao clima frio e seco. Além de resfriados e outros problemas respiratórios (doenças comuns nesta época do ano), devemos estar atentos à saúde dos cabelos, tendo em vista que eles também sofrem o impacto de tantas alterações.

queda de cabelo temperaturaApesar de nao haver um estudo cientifico que comprove o fato, no período entre o fim do verão e o início do outono e comum que haja uma grande procura por ajuda profissional em consultorios de dermatologia e tricologia (area médica que se volta exclusivamente ao estudo e ao tratamento de cabelos e pelos), onde os pacientes relatam uma queda excessiva e repentina dos fios – motivo de preocupacão não somente em relação à estética, mas que se estende a um possível indício de que alguma função do organismo esteja carecendo de algum cuidado, como, por exemplo, no caso das desordens hormonais, da deficiência de vitaminas, do acumulo de estresse, etc.

queda de cabelo estacoes do anoSuponhamos que, em media, cada um de nos possua cerca de 130.000 a 150.000 filamentos capilares, que passam por fases que corresponderiam ao crescimento (periodo que dura de dois a sete anos), ao repouso (quando a ha interrupcao desse processo, de dois a quatro meses) e à queda dos fios – que, na sequência, são substituídos por novas estruturas*.  A princípio, a perda de 100 unidades por dia (dependendo da quantidade total de fios e do seu tempo de crescimento) seria algo comum; no entanto, com exceção dos momentos da lavagem e da escovação, esse processo é quase imperceptível no cotidiano.

Durante o fim do calor e o início do período mais frio do ano, algumas pessoas podem sentir um outro aumento significativo na queda. Quando a marcação dos termometros está lá embaixo, alguns hábitos que nós mesmos adotamos acabam sendo fatores diretamente associados a ela: um banho bem quente, por exemplo, pode ser uma ótima sensação em dias mais frios, mas é um perigo para o couro cabeludo. O contato com a água nessa temperatura retira da pele e dos fios a sua oleosidade natural, levando o organismo a produzi-la rapidamente e em maior escala – o que pode desencadear uma inflamação conhecida com dermatite seborreica.

A mesma situação de aumento de óleo nos fios (e a sua consequente queda) pode ocorrer com o uso constante de gorros e toucas, sem a devida higiene.

Sendo assim, o procedimento mais indicado para os dias mais gelados é o de que a lavagem seja feita de maneira frequente e adequada, sempre com água morna. E, em sendo inevitável que se dê a mudança da temperatura do chuveiro para “inverno”, o ideal é a ducha seja rápida.

 

luis tricotest consultaOlá, tudo bem? Desculpe interromper a sua leitura!
Eu sou o Luis, gerente aqui da Clínica Tricosalus, e estou passando para convidá-lo(a) a conhecer o Tricotest – nosso exame de análise capilar.
Clique aqui e assista ao vídeo.

 

Se, mesmo tomando esses cuidados, o problema da perda dos fios em grande quantidade continuar sendo cada vez mais visível nos travesseiros, toalhas e roupas, a sua causa deve ser avaliada por um especialista. E, como a queda de cabelo pode ser uma consequência provocada por diferentes diagnósticos, o ideal é buscar a ajuda profissional o quanto antes, sendo que esta pode ser encontrada na Tricosalus Clinics, onde o agendamento das consultas é fácil e rápido.

A equipe de dermatologistas/tricologistas da Tricosalus Clinics é altamente qualificada para realizar uma análise muito específica de cada caso e indicar o melhor tratamento para a manutenção de um cabelo sempre saudável, independentemente de qual a época do ano.

*Para saber mais sobre esse assunto, acesse: Crescimento, Repouso e Queda: conheça melhor as três fases do seu cabelo.

Responder

Seu email não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.