Desvende 8 mitos sobre cabelos e faça as pazes com eles!

Os cabelos dão forma ao rosto e muitas vezes revelam a personalidade, por isso, é importante cuidar bem dos fios. Mas e quando surgem dúvidas sobre os tipos de cuidados? Usar água gelada ou quente? Qual a época ideal para um novo corte? Faz mal dormir com o cabelo molhado? São muitas dúvidas, mas elas são fáceis de responder.

Neste texto, você vai descobrir 8 mitos sobre cabelos e tornar-se um expert da beleza! Confira!

1. Faz mal lavar os cabelos todos os dias?

Não. É um procedimento de limpeza que deixa o cabelo mais saudável, retirando o excesso de gordura dos fios. Porém, cada tipo de cabelo tem uma recomendação específica para preservar a estrutura do fio. Por exemplo: quem tem cabelos oleosos não tem nenhum impedimento de lavagem diária. Pelo contrário, esse é um hábito que deve ser cultivado.

Já quem possui cabelos secos ou com química precisa incluir mais um procedimento após a lavagem. A hidratação e umectação para cachos são alguns exemplos. Caso não tenha disponibilidade de tempo para isso, lave os cabelos pelo menos três vezes na semana.

2. Cortar o cabelo com frequência faz os fios crescerem mais rápido?

Esse é um mito propagado com verdade, o que confunde muita gente. O crescimento do cabelo está relacionado à estética e não a uma ação externa, como o corte de cabelo. Como os fios nascem da raiz, cortar as pontas não faz diferença nem estimula o crescimento rápido.

Entretanto, quando você demora mais do que 4 meses para cortar os cabelos, os fios começam a apresentar prejuízos na sua estrutura: frizz, fio seco e quebradiço, pontas duplas e elasticidade.

Então, se você quiser manter uma boa aparência capilar, faça um novo corte a cada 3 meses. Mas se quiser que seu cabelo cresça mais rápido, cuide bem do couro cabeludo e da sua alimentação!

3. Puxar fio branco evita que nasçam outros no lugar?

Definitivamente, não. A chegada dos cabelos brancos acontece naturalmente e não há como evitar. A coloração branca significa que o fio está envelhecido, pois houve uma diminuição na produção de melanina. Ou seja, arrancar fios brancos só prejudica o seu couro cabeludo, não impede que outros nasçam.

4. Hidratação com produtos naturais é mais eficaz do que com produtos especializados?

Não, esse é outro mito. As propriedades desses produtos são importantes para o fio, mas a absorção tópica não é a ideal. Como eles não são adaptados para serem absorvidos pelas células capilares, os ingredientes agem apenas com um efeito passageiro e superficial.

Além disso, é importante preocupar-se com a quantidade. O excesso desses produtos deixa um cheiro ruim e torna o fio mais oleoso. Então, para economizar dinheiro e tempo, invista em produtos que proporcionam um melhor custo-benefício. Dê preferência a produtos desenvolvidos por cientistas e doutores. Na dúvida, consulte um site especializado e saiba como proceder.

5. O cabelo se acostuma com o shampoo, por isso devo trocar o produto constantemente?

Não existe essa relação. Mas cada produto tem um objetivo e durante o tratamento ele pode ser alcançado. Por exemplo, se o seu cabelo é seco e você usa um shampoo hidratante, a tendência é que os fios sejam hidratados.

Quando isso acontece, o ideal é ver qual a necessidade atual do seu cabelo para adquirir um produto específico. Os ciclos capilares é que dão ritmo à troca de produtos, e não o cabelo que se acostuma com a fórmula. Por isso, é importante acompanhar a saúde dos fios.

6. A estrutura do cabelo masculino é diferente do feminino?

Não, a estrutura dos fios é a mesma. O cabelo masculino costuma parecer mais saudável por causa do comprimento do corte. Como a frequência é bem maior do que a das mulheres, praticamente não dá tempo ter pontas ressecadas ou de surgirem pontas duplas.

Outra diferença entre os dois tipos é que o couro cabeludo masculino é mais oleoso, porém, como é lavado com uma frequência maior do que a das mulheres, ele tem uma boa aparência.

7. Preciso comprar o produto mais moderno para manter o cabelo sempre bonito?

Os produtos cosméticos ajudam no tratamento do fio e deixam ele mais bonito, mas eles não são os responsáveis pela saúde do cabelo. Na verdade, o mais importante é tratar o couro cabeludo e o organismo. É importante verificar se existem disfunções hormonais e deficiência em vitaminas e minerais.

Em relação ao couro cabeludo, existem fatores tópicos como excesso de oleosidade, dermatites e foliculites que podem acelerar processos relacionados a calvície. A parte orgânica reflete a nossa predisposição genética, além de fatores hormonais em desequilíbrio e deficiência em vitaminas e minerais que podem se tornar agravantes para uma queda mais importante ou para o avanço de uma calvície androgenética, por exemplo.

As pessoas não costumam fazer essa relação, mas uma dieta saudável e equilibrada aliada a um tratamento orgânico (medicamentoso) personalizado tem total influência sobre o aspecto do cabelo. Um shampoo, condicionador ou creme de tratamento até podem deixar o cabelo mais bonito e sedoso, mas para torná-lo forte e saudável é preciso cuidar da própria saúde. Lembre-se: ele é um reflexo do seu organismo.

8. O uso de boné pode me deixar calvo?

Se você tem o costume de usar esse acessório, provavelmente já deve ter ouvido essa frase. Porém a ideia de que o uso contínuo de bonés e chapéus resulta em calvície é mito. A tensão entre o acessório e o couro cabeludo não é forte o suficiente para gerar alopecia. Mas caso você tenha uma predisposição genética e faz uso frequente desse acessório, o uso incorreto pode acelerar o processo.

Mas como assim o uso incorreto? É porque o produto foi feito para proteger a cabeça do sol ou para o uso estético. Ele não pode ser utilizado de maneira muito apertada e frequentemente. Além de desconfortável, isso danifica o fio e contribui para a queda de cabelo, causando quebras. Entretanto, essa queda não pode ser chamada de calvície, trata-se apenas de um dano temporário.

Portanto, para preservar a estrutura dos fios, não use boné ou chapéu frequentemente de forma apertada para que ele não puxe o seu cabelo. Permita que seu couro cabeludo continue normalmente com suas funções de respiração e transpiração.

Agora que você já conheceu esses mitos sobre cabelos, vai ficar mais fácil de mantê-los bonitos e saudáveis. Além dos tratamentos diários, faça uma consulta com um profissional. Se necessário, realize um procedimento para melhorar a sua fibra capilar. Lembre-se de proteger o cabelo da exposição ao sol e de secá-lo totalmente antes de dormir. Assim, seus cabelos estarão sempre deslumbrantes!

Gostou do texto? Tem alguma informação que você não sabia e foi esclarecida ou tem alguma dúvida sobre o tema? Conte aqui nos comentários!

Responder

Seu email não será divulgado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.