Calvície Masculina: causas, características e tratamentos

Popularmente conhecida como “calvície hereditária” ‒ ou, ainda, “calvície masculina” ‒, a alopecia androgenética é a calvície de padrão clássico que ocorre predominantemente em homens, embora muitas mulheres também possam ser diagnosticadas com esse problema.

 

A alopecia androgenética afeta aproximadamente 70% dos homens e 40% das mulheres. Já segundo estudos divulgados no Brasil, estima-se que, de cada 10 homens com menos de 70 anos, 8 deles tenham propensão à calvície em decorrência da hereditariedade. Isto porque, tal como o próprio nome sugere, na calvície androgenética incide fortemente a predisposição genética do indivíduo para a ocorrência da acentuada perda de cabelo.

 

Tirando dúvidas sobre a calvície masculina

Acompanhando o crescente número de homens que sofrem com a excessiva queda de cabelo, reunimos aqui as principais perguntas elaboradas pelos nossos leitores e pelo público em geral.

Confira!

 

  1. O que é a calvície masculina e quais são as suas causas?

A calvície masculina é a calvície de padrão clássico que ocorre predominantemente em homens, embora muitas mulheres também possam ser diagnosticadas com esse problema.

 

luis tricotest consultaOlá, tudo bem? Desculpe interromper a sua leitura!
Eu sou o Luis, gerente aqui da Clínica Tricosalus, e estou passando para convidá-lo(a) a conhecer o Tricotest – nosso exame de análise capilar.
Clique aqui e assista ao vídeo.

 

O grande responsável pelo surgimento desse tipo de alopecia é o hormônio dihidrotestosterona (DHT), derivado da testosterona. Nos indivíduos predispostos geneticamente, o receptor hormonal de DHT está alterado, fazendo com que a ação do próprio hormônio promova um afinamento progressivo do cabelo em determinadas regiões do couro cabeludo, desencadeando, assim, a excessiva perda de cabelo.

 

  1. Qual a diferença entre calvície de padrão masculino, calvície hereditária e alopecia androgenética?

Nenhuma. As três designações se referem ao mesmo tipo de calvície, na qual incide fortemente a predisposição genética do indivíduo para a ocorrência da acentuada perda de cabelo.

 

  1. Quais as características da calvície de padrão masculino?

Nos homens, esse tipo de calvície se manifesta em regiões específicas do couro cabeludo, em dimensões que podem variar de pessoa para pessoa, mas que geralmente atingem os fios localizados na parte superior da cabeça, raramente afetando a nuca. Já nas mulheres se verifica uma queda difusa, isto é, uma queda ao longo de todo o couro cabeludo, resultando numa redução do volume de cabelo e no comprimento dos fios.

 

  1. Mesmo com a predisposição genética, é possível prevenir a calvície de padrão masculino?

Sim!

Mesmo em se verificando a predisposição genética para a calvície de padrão masculino, é possível prevenir a queda de cabelo em quantidade acima do normal, desde que logo seja dado início ao seu correto tratamento – quanto antes, melhor.

Apesar de muitas pessoas não saberem, existem tratamentos para a prevenção da calvície, e é por essa razão que, mesmo tendo constatada a sua predisposição genética, ninguém está fadado a sofrer a queda excessiva dos fios.

Para muitos casos, por exemplo, basta que se realizem o controle da manifestação do hormônio DHT e o tratamento tópico, de acordo com a orientação do profissional especializado em patologias do couro cabeludo.

 

  1. Quais os tratamentos possíveis para quem já está sofrendo a excessiva queda de cabelo em decorrência da hereditariedade?

Os tratamentos disponíveis para a calvície masculina variam, geralmente incluindo medicamentos de uso tópico e/ou por via oral. Daí a importância de que cada caso seja analisado nas suas especificidades pelo profissional da área, que é o dermatologista especializado em patologias do couro cabeludo.

Somente por meio de uma avaliação clínica e exames laboratoriais será possível realizar um diagnóstico preciso do que está ocasionando a queda excessiva dos fios e prescrever o tratamento mais efetivo para cada paciente.

E, para aqueles que possam vir a necessitar de uma intervenção definitiva, a Tricosalus Clinics trouxe com exclusividade para o Brasil o Sistema CNC, que consiste na reconstrução das áreas calvas do couro cabeludo com a integração de cabelos naturais de forma gradual.

 

Confira também o vídeo “Calvície Masculina: causas, características e tratamentos”!

Para quem quiser ter acesso a essas e outras informações mais detalhadas, a Tricosalus também lançou um vídeo dedicado exclusivamente ao tema, no qual Ana Maria Ventura, diretora da Clínica, responde às dúvidas dos internautas a respeito da calvície masculina. Aproveite para comentar e compartilhar:

Respostas elaboradas com fundamento científico pelo dermatologista da Tricosalus: Dr. Nilton de Ávila Reis – CRM: 115852/SP

 

bannernewsletter2

Responder

Seu email não será divulgado.